terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Carreiras


Os personagens nas histórias de espada e Feitiçaria seguem muitos caminhos diferentes durante suas vidas da aventura - Conam por exemplo começou como bárbaro, e em um momento se tornou ladrão, pirata, gladiador, soldado e, no final, rei.

Escolher as quatro carreiras define a trajetória de vida do seu personagem até o atual momento. Uma alta pontuação em uma carreira poderia significar que você passou um longo período exercendo essa carreira. Uma baixa pontuação poderia significar apenas uma curto tempo exercendo a mesma - ou apenas uma afinidade para a carreira.
"Julian nasceu em uma família de Mercadores de Thanned, e isso naturalmente o levou a trabalhar com comercio (Mercador 2). Quando jovem ele teve o interesse no comércio marítimo o que o levou a conhecer vários capitães nos portos de Thanned. Em pouco tempo, ele estava navegando para terras distantes para vender suas mercadorias e aprendendo as habilidades básicas de um marinheiro (marinheiro 0). Em uma viagem comercial há alguns meses, piratas atacaram o navio de Julian - a tripulação foi capturada e vendida para a escravidão (escravo 1). Julian foi vendido para uma Arthasiana, e acabou se tornando seu amante, ela era uma feiticeira das estrelas, e durante sua escravização (e até sua fuga), ele aproveitou todas as oportunidades para aprender os segredos da feitiçaria, até que conseguiu realizar os feitiços que o libertaram da escravidão. (Feiticeiro 1)." Abaixo temos 46 exemplos de carreiras para os personagens dos jogadores:
Alquimista
Inventor
Assassino
Espião
Adestrador 
Escravista
Artesão
Ferreiro
Acrobata
Dançarina
Bárbaro
Nômade
Caçador
Batedor
Escravo
Mendigo
Investigador
Torturador
Estudioso
Escriba
Fazendeiro
Trabalhador
Feiticeiro
Bruxo
Gladiador
Arqueiro
Ladrão
Bandido
Mercador
Contrabandista
Monge
Curandeiro
Menestrel
Bardo
Mercenário
Soldado
Nobre
Aristocrata
Pirata
Marinheiro
Prostituto
Cortesã
Sacerdote
Druida
Artista
Cavaleiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, seus comentários são sempre bem vindos !